reformar sua casa reformar sua casa

Reformar a casa: 7 ideias econômicas para modificar seu lar

6 minutos para ler

Para trazer um ar de novidade e dar uma repaginada no imóvel, é natural que as pessoas decidam por reformar a casa, e engana-se quem acredita que, para isso, é necessário dispor de um grande investimento em tempo e dinheiro. Afinal, é possível adotar uma série de estratégias que vão desde trocar os móveis de local até utilizar luminárias novas.

Em outras palavras, é completamente plausível sofisticar os ambientes e dar uma nova cara para a casa, impactando minimamente sua rotina e sua vida financeira. Portanto, se você deseja intensamente renovar seu imóvel e conta com um pequeno orçamento, veio ao lugar certo. Neste post, vamos mostrar como reconstruir gastando pouco. Continue a leitura e confira nossas dicas!

1. Organize seu projeto

Um planejamento adequado pode contribuir para minimizar riscos, como atrasos, gastos extras e imprevistos. Por isso, o primeiro passo para colocar em prática a transformação do seu imóvel passa diretamente pelo levantamento detalhado de tudo o que se pretende realizar. Dessa forma, você poderá garantir que os resultados esperados sejam alcançados sem fugir do orçamento previsto inicialmente.

Nesse sentido, faça a divisão da reforma em etapas menores. Assim, é possível facilitar a criação de um cronograma para controlar o tempo e o dinheiro gasto em qualquer fase. Além disso, saber o momento exato de cada procedimento otimizará todo o processo, evitando que algo saia do planejado.

2. Defina um limite de despesas

Um dos maiores medos e uma das maiores dificuldades na hora de reformar a casa é evitar que as despesas superem a capacidade financeira. Por isso, é fundamental manter esse item sob controle. Nesse caso, vale levar em consideração diversos aspectos, como a contratação de profissionais qualificados, os orçamentos, a negociação com fornecedores etc. 

Vale ressaltar que economizar na compra de materiais pode gerar a necessidade de uma nova obra em pouco tempo. Assim, é muito importante contar com materiais de qualidade. Outro ponto que pode contribuir para o aumento do custo da reforma é o gasto com água e luz, afinal, esses itens podem sofrer uma elevação considerável. Portanto, é indispensável que você faça uma avaliação financeira para evitar o superendividamento.

3. Mude as cores dos ambientes

Quando o assunto é transformar um cômodo ou toda a casa, a pintura deve ser o primeiro item da sua lista. Entretanto, para obter o resultado esperado, é essencial seguir alguns cuidados de preparação, de modo a conseguir um excelente acabamento. Isto é, as paredes devem ser bem limpas e lixadas para receber uma nova pintura.

Por outro lado, utilizar algumas técnicas, como aplicação de formas geométricas, pode facilitar ainda mais o trabalho, reduzindo o tempo de execução e a sujeira. Além disso, é possível colocar em prática essa atividade sem auxílio de outras pessoas e, ainda assim, conseguir um resultado satisfatório. Ademais, basta destacar apenas uma parede para deixar todo o ambiente mais bonito.

4. Renove o piso

O piso é, em muitos casos, um dos principais obstáculos para promover uma reforma residencial. Isso porque, para removê-lo, é preciso quebrar, sujar e investir na compra de novos materiais. Entretanto, é possível resolver esse problema sem a necessidade de quebrar tudo. A primeira opção — e também mais barata — é utilizar tapetes decorativos sobre o revestimento antigo.

Por outro lado, caso deseje um resultado superior, basta aplicar a técnica conhecida como piso sobre piso, que consiste na colocação do novo revestimento sobre o antigo, sem a necessidade de remover toda a base. Para tanto, basta regularizar e limpar toda a superfície. Uma alternativa ainda mais interessante é a instalação dos pisos vinílicos, tendo em vista que sua aplicação é bastante simples e rápida.

5. Troque as luminárias

Ao contrário do que muitas pessoas imaginam, lâmpadas e luminárias não são dispositivos utilizados apenas para deixar os ambientes mais claros. Uma iluminação eficiente pode fazer toda a diferença na hora de transformar cada cômodo da casa, especialmente no que diz respeito a uma decoração moderna.

Além de conferir um novo layout a cada cômodo e valorizar o imóvel, esse elemento torna os espaços ainda mais confortáveis, aconchegantes e funcionais. Um detalhe importante é que, para colocar esse tipo de reforma em prática, não é necessário promover nenhum “quebra-quebra”, já que basta reestruturar a iluminação, reposicionando lustres, luminárias e pendentes.

6. Aplique papéis de parede

Fácil, rápido e barato, o papel de parede é uma solução muito interessante para quem deseja conferir mais modernidade e conforto à casa. A partir dessa técnica, é possível promover uma mudança radical e instantânea na decoração. Sua aplicação não demanda a utilização de mão de obra especializada, desde que os devidos cuidados sejam observados para obter um bom resultado.

Sua durabilidade é outro ponto positivo. Dependendo do material utilizado, os papéis de parede podem durar mais de uma década. Além disso, podem ser utilizados como um excelente isolante térmico. Em linhas gerais, não são necessárias muitas manutenções, já que sua superfície pode ser limpa com água e sabão. Por fim, essa pode ser uma solução mais barata para esconder pequenas falhas e defeitos na superfície da parede.

7. Invista em novas mobílias

A disposição dos móveis é outro aspecto muito importante para reformar a casa. Em alguns casos, trocá-los de lugar é o suficiente para renovar o ambiente, deixando-o mais espaçoso, aconchegante e organizado. Além disso, a restauração das mobílias pode ser considerada uma alternativa sustentável para quem não deseja investir muito na troca.

Por outro lado, se você deseja apostar em um projeto maior de sofisticação dos ambientes, é essencial investir em mobílias que combinam com o estilo de decoração da sua casa. Em uma decoração minimalista, por exemplo, invista em composições que valorizem a organização, aplicando o mínimo possível de objetos decorativos. Já para os ambientes mais modernos, o ideal é adotar mobiliários de tons médios e ângulos retos.

Concluindo, é possível reformar a casa e dar uma repaginada no visual do seu imóvel sem fugir do seu orçamento. Para tanto, é preciso pesquisar com cautela sobre as tendências do mercado, utilizar apenas itens de bom custo-benefício e, sobretudo, abusar da criatividade na hora de decorar.

Gostou deste conteúdo? Então, entre em contato conosco e descubra como nossos produtos podem ajudar você a construir um projeto de decoração sofisticado, moderno e econômico!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Dúvidas? Converse com a gente!